Trump quer que empresas criem software para ‘prevenir’ tiroteios em massa

Presidente dos EUA pediu ajuda a empresas de redes sociais para criar tecnologia que ajude a identificar ‘alertas vermelhos’

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, durante discurso, que vai pedir para que empresas de redes sociais desenvolvam ferramentas de detecção que possam prevenir potenciais atentados terroristas. O pedido de Trump acontece após dois recentes tiroteios, um no Texas, e o outro em Ohio.

De acordo com o The Verge, durante o discurso, Trump disse que o governo deve melhorar seus esforços na identificação de sinais antes que um atentado ocorra. Ainda sugere que empresas de redes sociais desenvolvam novos meios de conseguir identificar esses “alertas vermelhos”.

No entanto, Trump não especificou quais são e como devem ser essas ferramentas. É provável que a sugestão de Trump vá de encontro a tecnologias que possam rastrear atividades de pessoas nas redes sociais. Entretanto, esse tipo de vigilância poderia não só prejudicar a privacidade das pessoas na internet, como também sugere que ações seriam tomadas antes de crimes serem cometidos.

Trump ainda disse no Twitter que a imprensa contribuiu para a raiva e ira nos Estados Unidos e não tirou de seu alvo os videogames, para quem são “horríveis” e  “celebram a violência”.

Fonte: itmidia.com