Samsung tira entrada para fone do Galaxy Note 10 para aumentar bateria

A mudança ocorreu para permitir acrescentar 100 mAh

Durante o lançamento dos novos Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10 Plus, a Samsung abordou um tema interessante: por que a empresa não colocou a famosa entrada P2 (3.5 mm) para fones de ouvido nos novos aparelhos? A resposta é bem simples: para privilegiar a bateria.

A ausência do conector já havia sido citada nos vazamentos sobre os novos dispositivos, e se confirmou durante o evento realizado em Nova Iorque. A Samsung foi uma das empresas que seguiu relutante com a retirada do headphone jack, mesmo três anos depois da Apple ter lançado a “moda”.

De acordo com o site The Verge, um porta-voz da Samsung explicou que a mudança abriu espaço para uma bateria maior em cerca de 100 mAh (2 a 3% maior) e, supostamente, melhorou a realimentação háptica, uma vez que não há mais uma cavidade para alimentar o conector dentro do smartphone.

O problema é que o passado está aí para assombrar, e a internet não perdoa. Basta voltar ao lançamento do Galaxy S9, quando a Samsung tirou sarro do dongle da Apple para adaptar os fones para o conector Lightning.

Parece que o jogo virou, não é mesmo, Samsung?

Fonte: pcworld.com.br