A NASA acabou de compartilhar a melhor imagem  de 2I / Borisov, o segundo objeto interestelar já visto entrando em nosso sistema solar.

2I / Borisov foi identificado pela primeira vez em agosto. Desde então, ele se aproximou da Terra, o que significa que a NASA conseguiu obter uma visão cada vez mais clara, de acordo com o The Independent . Com a imagem mais nítida até agora, a NASA aprendeu que as medições anteriores do visitante cósmico estavam um pouco fora da base.

 

As imagens e vídeos anteriores do cometa eram muito mais borrados – e menos úteis do ponto de vista científico. A nova imagem do Telescópio Espacial Hubble, que mostra o cometa na frente de uma galáxia distante, revela muito mais informações .

“O Hubble nos dá a melhor medida do tamanho do núcleo do cometa Borisov, que é a parte realmente importante do cometa”, disse ao Independent o astrônomo da Universidade da Califórnia em Los Angeles David Jewitt .

“Surpreendentemente, nossas imagens do Hubble mostram que seu núcleo é 15 vezes menor do que as investigações anteriores sugeriram”, acrescentou. “O raio é menor que meio quilômetro. Isso é importante porque saber o tamanho nos ajuda a determinar o número total e a massa de tais objetos no Sistema Solar e na Via Láctea. Borisov é o primeiro cometa interestelar conhecido e gostaríamos de saber quantos outros existem. ”

Fonte: Futurism