Hospital de San Diego libera acidentalmente paciente com vírus mortal nas ruas

Um hospital de San Diego liberou acidentalmente um paciente infectado com o vírus mortal que está varrendo o mundo atualmente, relata a CNN .

O paciente, que foi prontamente readmitido depois que as autoridades perceberam o erro, foi o primeiro americano a ser evacuado da cidade de epicentro de Wuhan, na China, por causa do vírus 2019-nCoV .

“O paciente positivo confirmado foi devolvido à UC San Diego Health para observação e isolamento até ser liberado pelo CDC para liberação”, diz um comunicado do hospital.

Antes de ser liberado inesperadamente, o paciente estava em uma unidade de isolamento.

O paciente viajou de Wuhan para uma Estação Aérea do Corpo de Fuzileiros Navais nos arredores de San Diego em um voo fretado pelo Estado na semana passada, segundo o hospital. O paciente foi o 13º caso confirmado do vírus nos EUA, segundo a CNN .

O erro não poderia ter acontecido em um momento pior. Ontem, funcionários da Organização Mundial da Saúde alertaram que o vírus mortal poderia estar preparado para surtos localizados em todo o mundo.

Até o momento, mais de 1.000 pessoas morreram do vírus – com mais de 43.000 casos confirmados em todo o mundo, de acordo com o painel de coronavírus de John Hopkins .

Fonte: Futurismo