Google está pagando pessoas para tirar foto de seus rostos

Empresa pode estar criando recurso semelhante ao Face ID, da Apple. Funcionários abordam pessoas nas ruas e oferecem U$ 5 para captar diferentes ângulos de seus rostos.

O site ZDNet relatou o caso de uma pessoa que foi parada na rua por alguém que dizia estar prestando serviços para o Google e pediu para registrar algumas imagens do seu rosto. Trata-se do treinamento de um novo sistema de reconhecimento facial.

A história foi contada por um engenheiro que estava em um parque, quando alguém que estava fazendo algum tipo de pesquisa se aproximou e disse: “Oi, eu trabalho para o Google e estamos coletando dados para melhorar a próxima geração de desbloqueio de smartphone via reconhecimento facial”.

Um dos pesquisadores deu ao rapaz um smartphone dentro de um case gigante, então ele não conseguiu reconhecer se era um possível Pixel 4 ou outro modelo mais antigo de celular do Google. O que ele precisou fazer foi apenas acionar a câmera frontal do dispositivo e mover o rosto em diferentes ângulos, como a Apple costuma fazer para registrar o desbloqueio via Face ID.

“Ele me ofereceu um vale-presente de US$ 5 para a Amazon ou Starbucks em troca de 5 minutos interagindo com o telefone”, contou o rapaz. Ou seja, ele “vendeu” seu rosto por 5 doletas.”

Você venderia seu rosto por US$ 5?

Para embolsar os trocados, o rapaz precisou assinar alguns termos concedendo o direito de uso da sua imagem, mas ele não parou para ler os pormenores. Ao ser questionado dos motivos que o levarão a fazer algo tão invasivo em relação à sua privacidade, ele disse que o Google basicamente já tem toda a sua vida salva em seus servidores.

“Remover o Google da minha vida simplesmente não vai acontecer por um ponto de vista prático. Eu realmente não me importo com privacidade de dados, porque eu acho que é tudo ilusão de qualquer maneira”, explicou.

Se pararmos para pensar, essa colocação faz muito sentido. Até porque as pessoas estão entregando seus rostos gratuitamente para o FaceApp, apenas para ver como ficarão daqui a alguns anos.

Ao que tudo indica, o Google está realizando esta coleta de dados faciais em diversas cidades dos Estados Unidos, mas a empresa não respondeu ao pedido do ZDNet para dar mais informações a respeito.

Fonte: pcworld.com.br