Adolescente usa geladeira inteligente da LG para tuitar

A mãe de Dorothy recolheu seu smartphone e Nintendo, mas a garota não desistiu de tentar usar as redes sociais

Depois de ter todos os seus dispositivos eletrônicos confiscados por sua mãe, uma adolescente norte-americana resolveu recorrer à sua geladeira inteligente para usar o Twitter.

Dorothy, de 15 anos, é moradora do estado de Kentucky, e viralizou na rede de microblog após sua mãe ter recolhido, no último dia 04, o smartphone da garota, que logo tratou de tuitar, usando seu Nintendo 3DS, um comunicado dizendo que estava de saída da rede social. “Estou indo embora para sempre. Minha mãe pegou meu celular. Eu vou sentir tanta falta de você todos. Estou chorando. Tchau.”

A mãe logo percebeu o que sua filha estava fazendo e, aparentemente, escreveu um tuíte por meio da conta de Dorothy para informar que a rede social da garota seria “encerrada agora”.

Como Dorothy não desiste fácil, em 05 de agosto, mesmo dia dos episódios anteriores, ela deu um jeito de postar um pequeno texto escrito por meio de um console Wii U para avisar aos seus seguidores que seu Nintendo DS também havia sido confiscado.

No dia seguinte, a garota usou mais uma vez o Wii U para comunicar aos usuários do Twitter que ela estava aproveitando uma distração da mãe para procurar seu celular escondido. E ela até encontrou alguma coisa, mas foi só o 3DS.

Três dias após o ocorrido, Dorothy reapareceu no Twitter da forma mais inusitada possível: ela tuitou a partir de uma geladeira inteligente da LG. “Eu não sei se isso vai tuitar eu estou falando com a minha geladeira que diabos minha mãe confiscou todos os meus eletrônicos novamente”. Tanto seus seguidores quanto outros milhares de usuários do Twitter ficaram surpresos com a situação – e decidiram apoiar a garota em sua jornada para reaver os dispositivos.

LG e Twitter entraram na brincadeira

Até mesmo as contas norte-americanas oficiais da LG e do próprio Twitter compartilharam a hashtag #FreeDorothy para ajudá-la. “Eu não sei como eu recebi tanto apoio, muito obrigado aos meus apoiadores e ao @twitter isso é loucura, eu estaria perdido sem vocês e desistiria. Estou tentando recuperar minhas coisas rapidamente para que eu possa lhes agradecer corretamente!”, publicou Dorothy, na última terça-feira (13).

Além disso, usando o iPad de seu primo, a garota contou ao jornal The Guardian que a mãe tomou tal atitude para que ela passasse a prestar mais atenção ao seu entorno, mas que ficar sem os dispositivos a deixou “preocupada porque fiquei entediada durante todo o verão e o Twitter foi o meu passatempo”.

Marketing disfarçado?

Apesar de toda a mobilização, tem gente achando que tudo pode ser um truque de marketing para divulgar refrigeradores inteligentes da LG, por exemplo. Dentre os motivos da suspeita está o fato da conta de Dorothy ter sido criada há apenas um mês, em julho de 2019.

Além disso, o envolvimento do Twitter e da fabricante com a #FreeDorothy também ajudou a aumentar as suspeitas.

E você, acredita que é tudo uma jogada de marketing, ou a adolescente é apenas mais uma viciada nas redes sociais que não consegue se afastar do Twitter?

Fonte: pcworld.com.br